Ano de 2009

Plano de actividades para o ano de 2009
Caros Associados,
O ano de 2009 continuará a representar para o nosso Montepio a fase de implementa-ção da nossa actividade estatutária uma vez que os anos de 2007 e 2008 foram os de arranque de novas actividades para as quais não tínhamos ainda qualquer tipo de experiência.
Teremos, assim, que continuar a melhorar cada vez mais a prestação dos serviços médicos (quer de clínica geral, de enfermagem e de especialidades diversas) nos quais teremos que continuar a investir de forma adequada, com a qualidade mínima que se impõe para serviços novos e de referência como queremos que sejam os nossos.
No campo das receitas necessárias a podermos suportar este novo ano vamos ponderá-las com base nas do ano de 2008 que servirá como um indicador minimamente fiável, apesar da época de crise que se atravessa.
Conforme prevíramos os espaços comerciais e algumas salas de serviços dão um ren-dimento mensal da ordem dos 2 500,00 €, ou seja, anual de 30 000,00 €, valor que é o posto para o resultado de exploração.
Por outro lado propomo-nos atingir a meta, para o próximo ano, de mais 150 novos sócios, meta que é perfeitamente possível, atendendo os números já atingidos em 2008, 950 sócios. Iremos também implementar e desenvolver as nossas actividades no domínio da cultura e de prevenção da saúde em colaboração com outras instituições congéneres.
No âmbito das receitas e despesas relacionadas com a assistência médica e de enfer-magem prevemos um equilíbrio orçamental resultante da adequação dos custos e proveitos.
Os encargos com equipamento (mobiliário) e diversos são de valores inferiores aos do ano anterior dado que o esforço para o equipamento já foi feito.
Portanto e em conclusão, o presente plano de actividades e o orçamento que se lhe segue constituem objectivos que nos propomos cumprir com o empenhamento de todos: asso-ciados, colaboradores e corpos gerentes.

Torres Novas, 17 de Novembro de 2008

P’ Direcção
Carlos Trincão Marques