Em 1848, foi aberto ao público o então chamado Teatro União com a peça: “O Crime ou Vinte Anos de Remorsos”. Por impulso da chamada Sociedade União Dramática que em meados de 1866 é dissolvida dando origem, pelas mãos do Montepio dos Artífices Torrejanos (que havia sido recentemente constituído), ao Teatro Torrejano inaugurado a 29 de Abril de 1877 e que em 1895, passa a ser denominado Teatro Virgínia em homenagem à gloriosa actriz conterrânea Virgínia Dias da Silva (1850-1922).

Desde então, ou seja, desde 1877 até praticamente aos dias de hoje que o Teatro Virgínia esteve intimamente ligado ao Montepio. Localizado inicialmente ao lado do mercado do peixe, o antigo Virgínia deixaria de reunir as condições necessárias, dado o seu mau estado de conservação. Por impulso de um conjunto de associados, o Montepio procederia, então, à construção de um outro edifício correspondente ao do actual Teatro.

Devido a esta intervenção da nossa associação na história do teatro torrejano, os nossos associados usufruem de 25% de desconto em todos os espectáculos no Teatro Virgínia e 50% quando organizados pela autarquia.

Saiba mais aqui.