Missão

A Associação de Socorros Mútuos Montepio de Nossa Senhora da Nazaré de Torres Novas, tem como Missão promover a melhoria contínua da qualidade, através de uma prestação eficaz de serviços, no âmbito dos cuidados de saúde e outros fins de proteção social, aos seus associados e clientes em geral, assegurando uma política conducente à satisfação destes e dos respetivos profissionais.

Visão

Procurar o desenvolvimento de estratégias que permitam uma melhoria contínua do desempenho que nos conduza à excelência dos serviços prestados.

Valores

A Associação de Socorros Mútuos Montepio Nossa Senhora da Nazaré de Torres Novas e os seus profissionais têm como Valores a Pessoa, a Solidariedade, a Transparência, a Responsabilidade, a Inovação e a Qualidade.

Política da Qualidade

A fim de atingir os seus objetivos estratégicos, oferecer um serviço eficaz e manter a satisfação dos seus clientes, a Associação de Socorros Mútuos Montepio Nossa Senhora da Nazaré de Torres Novas (ASMMNSN), tem implementado um sistema de Gestão de Qualidade (SGQ), conforme a norma NP EN ISO 9001:2015. Esta política está publicada através da Intranet da ASMMNSN.

Para assegurar a implementação e melhoria contínua do SGQ a ASMMNSN, através da direção garante que:
Proporciona os recursos humanos e materiais necessários, para levar a cabo as consequentes modificações, para uma melhoria contínua da qualidade dos serviços que presta.

Transmite a política de qualidade que a direção estabelece com todos os seus profissionais, associados/clientes e fornecedores.

Melhora continuamente o sistema de gestão da qualidade, possibilitando o aumento da eficácia, competitividade e fidelização dos associados/clientes com o envolvimento e motivação de toda a equipa.
Realiza através de estudos direcionados e atempados, uma política de gestão de risco, a fim de impedir o seguimento de episódios que não assegurem a qualidade.

Cumpre os requisitos de clientes e regulamentos legais aplicáveis à atividade.
Procura a otimização de custos através do correto aproveitamento dos recursos humanos e materiais disponíveis, embora tenha em conta o custo-benefício.
Audita o sistema de acordo com a periodicidade estabelecida na norma ISO e de acordo com a mesma, prevê e melhora o correto funcionamento do Sistema de Gestão de Qualidade.